Prefeitura flagra descarte irregular de uma obra, em Jatiúca

Nessa terça-feira (10), equipes da Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum) e da Secretaria de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet) flagraram uma edificação, na Av. Dr. Antônio Gomes de Barros, na Jatiúca, realizando descarte irregular de resíduos. O responsável pelo empreendimento, que passa por reforma, contratou uma caçamba de forma clandestina para recolher e destinar seus resíduos.

“Provavelmente, esse material seria colocado em via pública ou em terrenos baldios. Esse é um dos problemas recorrentes que temos em Maceió. Por isso, nossa fiscalização está nas ruas e, também, contamos com o apoio da população: denuncie situações como estas”, comentou Davi Maia, gestor da Slum.

Descarte de resíduos de obra

O descarte de resíduos provenientes de obras não é de responsabilidade da Prefeitura. Em uma grande obra, o gerador deve contratar uma empresa ambientalmente licenciada para recolher e dar a destinação correta ao material. A empresa irá tanto disponibilizar um contêiner ou caixa estacionária para acondicionamento dos resíduos enquanto durar a obra e realizar a coleta periodicamente.

Caso seja uma pequena obra, o material pode ser encaminhado para o Ecoponto Pajuçara, que fica na Rua Campos Teixeira. Lá, o cidadão pode levar o volume de até 1 metro cúbico por dia. O Ecoponto funciona de segunda a sábado, das 08h às 18h.

Veja também  Leilão: donos de veículos recolhidos serão notificados

Central de Limpeza

Para fazer denúncias, solicitar serviços e tirar dúvidas, o cidadão pode entrar em contato com a Slum pelo 0800 082 2600. Além do WhatsApp: 9 8802-4834. A Central funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Ascom Slum

Compartilhe: