Prefeitura realiza Seminário de Desenvolvimento Econômico

“Cidades inteligentes, ciência, tecnologia e inovação para o desenvolvimento”, “Empreendedorismo e novos modelos de negócios”, “Turismo e desenvolvimento local” e “Indicação geográfica como forma de vencer barreiras” são alguns dos eixos de discussões que irão integrar diversos públicos no Seminário de Desenvolvimento Econômico da Cidade – Maceió e suas perspectivas, realizado pela Prefeitura de Maceió e parceiros, nos dias 29 e 30 de novembro, na Associação Comercial. O seminário abre uma semana de programação especial de comemoração do aniversário de Maceió.

De acordo com Fellipe Mamede, secretário municipal de Economia, o evento pretende estimular a troca de experiências entre pesquisadores, docentes, estudantes e representantes da gestão municipal e da sociedade civil, como oportunidade de integrar os diversos personagens que contribuem para o desenvolvimento das cidades.

“Queremos juntos refletir sobre novos modelos de cidade, conhecer o potencial do cenário produtivo local, debater e entender os direcionamentos atuais que buscam uma transformação. O objetivo é discutir políticas públicas que permitam o maior nível de desenvolvimento socioeconômico do município, integrando os diversos representantes da sociedade civil e trazendo aspectos relevantes para a construção de uma cidade melhor para todos”, destacou Mamede.

Na programação estão painéis de discussão, experiências de casos de sucesso locais e nacionais e lançamento de livros. Serão abordados assuntos como o diagnóstico socioeconômico de Maceió, perspectivas de políticas de desenvolvimento, economia inclusiva, associativismo e cooperativismo, entre outros.

Veja também  Secretário discute segurança em audiências públicas

“É um evento que apresenta a Maceió uma nova forma de pensar sobre desenvolvimento e sem dúvida marca o estreitamento nas relações entre gestão municipal e parceiros”, disse Valdo França, secretário adjunto de Administração Tributária.

São parceiros do evento a Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Sebrae AL, Associação de Bares e Restaurantes de Alagoas (Abrasel), Associação Brasileira (ABIH), Mescla, Instituo Nacional de Propriedade Industrial (INPI), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), Urban System, Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Associação Comercial de Maceió.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo site www.doity.com.br/sdemaceio2017. O primeiro lote de inscrições, com 100 vagas, será aberto nesta segunda-feira (13).

Isis Correia/ Ascom Semec e Rita de Cássia/ Ascom Semge

Compartilhe: