Prefeitura trabalha na recuperação da malha viária

A Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), segue com os serviços de manutenção da malha viária do Município. Este trabalho é uma ação rotineira do órgão, mas depende de tempo seco para ser realizado. Em dias sem chuva, pelo menos 10 caçambas de asfalto, com até 15 toneladas cada uma, são utilizadas para atender demandas das partes alta e baixa da cidade.

De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura, Ib Brêda, a programação dos serviços está priorizando as vias mais movimentadas. “Atualmente, estamos trabalhando de segunda a sábado, recuperando, principalmente, os corredores de transporte. Infelizmente, as chuvas têm deixado buracos em toda parte e o trabalho de recuperação não pode ser realizado em dias de chuva. Mesmo assim, quando o tempo permite, as equipes operacionais estão nas ruas trabalhando para minimizar os transtornos”, explicou o gestor da Seminfra.

Caso o tempo mantenha as condições favoráveis para a execução dos serviços, a programação para essa sexta-feira (7) inclui as Avenidas Buarque de Macedo, no Centro, Fernandes Lima, no Farol e Belmiro Amorim, na Santa Lúcia, além da Rua Íris Alagoense, no Farol, e vias da Santa Amélia e do Distrito Industrial.

Recuperação de vias no Dique Estrada.  Foto: Marco Antonio/ Secom Maceió

Recuperação de vias no Dique Estrada. Foto: Marco Antonio/ Secom Maceió

O material utilizado na recuperação das vias é o Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBQU), indicado para vias urbanas. Esse material é uma mistura de areia, brita e um ligante, o Cimento Asfáltico de Petróleo (CAP). Antes de colocar a camada de CBQU, as equipes operacionais retiram o material encharcado do buraco, colocam brita e aplicam o asfalto.

Veja também  Processo pioneiro garantirá coleta seletiva domiciliar em Maceió

A Seminfra disponibiliza dois telefones (3315-5007 e/ou 3315-5008) para atender a população que queira solicitar um serviço de manutenção em vias. É importante informar corretamente o nome da rua, bairro e um ponto de referência do local que precisa de intervenção.

Suana Nobre/ Ascom Seminfra

 

Compartilhe: