Procon Maceió fiscaliza agências bancárias na capital

O Procon Maceió iniciou, nesta terça-feira (06), mais uma etapa da Operação Tempo Certo. A ação tem como objetivo assegurar o cumprimento da Lei Municipal 5.516, de 23 de fevereiro de 2006, conhecida como Lei da Fila do Banco. O regulamento institui o tempo máximo de 30 minutos para que clientes aguardem atendimento.

A fiscalização do Procon Maceió realiza a operação periodicamente de acordo com a demanda de reclamações dos consumidores. Nesta semana serão visitadas agências bancárias em diversos pontos da capital, para verificação do cumprimento do tempo de espera para atendimento.

O diretor do órgão municipal, Leandro Almeida, explicou o que pode acontecer caso a lei não seja cumprida. “A agência que não estiver respeitando o tempo máximo será autuada e a multa é de R$ 5 mil conforme Lei Municipal 5516/2006. No caso de reincidência, o valor da multa aumenta e o atendimento bancário poderá ser suspenso”, disse ele.

Operação acontece em agências bancárias

Operação acontece em agências bancárias

A operação foi iniciada na parte alta da cidade, mas até a quinta-feira (08) vai passar em agências nos bairros do Centro, Ponta Verde, Pajuçara, Farol e Serraria.

Serviço

Para qualquer dúvida ou solicitação, a população pode entrar em contato com o Procon Maceió pelo telefone 0800 082 4567. A sede do órgão está localizada no prédio da Secretaria Municipal de Economia (Semec), na Rua Pedro Monteiro, nº 47, Centro.

Veja também  Educação realiza Seminário de Volta às aulas 2017 nesta segunda

O órgão também disponibiliza um núcleo de atendimento no prédio do Cesmac, na Rua Iris Alagoense, número 458, no Farol. O consumidor também pode fazer solicitações e denúncias pelo Whatsapp 98882 8326 ou por e-mail no atendimentoproconmaceio@gmail.com.

Leyvson Gomes (estagiário)/ Secom Maceió

 

Compartilhe: