Projeto de Inclusão apresenta resultados nas escolas municipais

Foi divulgado o relatório de impactos do Projeto Portas Abertas Para Inclusão, referente às ações desenvolvidas no ano de 2016 nas escolas da rede municipal de Maceió. De acordo com o relatório do Instituto Rodrigo Mendes – idealizador do projeto em parceria com o Unicef e apoio da Fundação FC Barcelona -, foram impactadas 519 pessoas de oito escolas da rede, entre professores e estudantes com ou sem deficiência e familiares.

Os resultados positivos são oriundos de um trabalho desenvolvido em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação (Semed), que, por meio de cursos de formações continuadas para educadores, professores de educação física, gestores e técnicos da secretaria, colaboraram para uma sociedade mais inclusiva e, por consequência, igualitária e que valorize as diferenças.

Com periodicidade semanal, as formações continuadas aconteceram no decorrer de todo o ano de 2016, com duração total de 120 horas. Os conhecimentos apreendidos eram repassados para os alunos que desenvolviam atividades práticas dentro e fora da sala de aula, como dinâmicas de grupo, jogos e palestras, entre outras ações.

“A semente de inclusão pode ser lançada pelos docentes. Com subsídios, como o ‘Portas Abertas’, eles podem ir mais longe. A cada formação, quebram-se paradigmas e criamos um novo olhar”, declara Elizabeth Maria Laffitte, cursista da escola Edécio Lopes.

Veja também  Ponta Grossa recebe mutirão da limpeza neste sábado

Para que o projeto tivesse êxito, o instituto realizou um diagnóstico a fim de identificar quais são as barreiras que impediam o processo de inclusão de alunos com deficiência naquela unidade de ensino. Desde então, cursos, palestras e oficinas foram planejados de acordo com as particularidades de cada contexto educacional.

A metodologia de ensino dos cursos sugere que cada participante desenvolva um projeto de ação na escola em que atua, visando transformá-la em um ambiente que respeita as diferenças humanas. Nesta última edição, foram apresentados quatro projetos. O relatório completo pode ser acessado em http://institutorodrigomendes.org.br/portas-abertas/files/relatorio_impactos_acessivel.pdf.

Escolas municipais participantes em 2016:

Rui Palmeira
Edécio Lopes
Nosso Lar I
Elizabeth Anne Lyra
Suzel Dantas
Sagrado Coração de Jesus
Cleto Marques
Deraldo Campos

Ascom Semed

Compartilhe: