Semas promove dia de lazer para famílias de bebês com microcefalia

Como parte da programação da  Semana do Bebê, a Coordenação da Pessoa com Deficiência da Secretaria Municipal  de Assistência Social (Semas) levou famílias de crianças com microcefalia, que participam do Grupo Ciranda do Cuidado da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para um dia lazer no Sesc Guaxuma.

Mães e pais tiveram um dia bem especial junto com seus filhos, aproveitando toda estrutura do balneário.   Aconteceu também uma roda de conversa com os familiares e o lançamento do mascote do Grupo Ciranda do Cuidado. Também foi servido um lanche e almoço para as famílias.

Segundo a coordenadora dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Analina Calheiros, esse dia foi pensado especialmente para que eles pudessem se divertir juntos. “Cuidamos de cada detalhe para proporcionar um dia de lazer e de alegria para toda a família”, disse Analina.

A dona de casa, Maria Aparecida de 40 anos, tem três filhas. Uma delas a menina Sofia de 1 ano e três meses tem microcefalia. “Achei maravilhoso o passeio. Moro no Clima Bom e é muito difícil a gente sair de casa para passear”, disse a mãe.

De acordo a enfermeira da Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde, Rosário Vasconcelos, o grupo Ciranda do Cuidado atende 48 crianças com microcefalia e com outras alterações neurológicas provenientes do Zika Vírus. “A Semana do Bebê está promovendo um momento de inclusão para essas famílias. Como toda criança, elas têm o direito à diversão e lazer com sua família. Foi um dia programado para eles”, destacou Rosário.

Veja também  Troca de experiência fortalece ações de Direitos Humanos em Maceió

Essa é a terceira edição da Semana do Bebê. O evento é voltado para crianças maceioenses e tem o objetivo de incentivar os municípios a realizar, durante uma semana, uma grande mobilização em favor da primeira infância com foco no incentivo à relação “mãe-bebê”, às boas relações familiares e o acesso aos direitos à saúde, educação, esporte e lazer para este público. A ação é uma parceria entre Prefeitura Municipal de Maceió com o Unicef.

Casos de microcefalia

As famílias com bebês diagnosticados com microcefalia são acompanhadas pelas equipes dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), e Especializado de Assistência (Creas) e Centro de Atendimento Socioassistencial (Casa). Famílias com crianças com microcefelia também tem o direito ao Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A SMS também faz o acompanhamento desses bebês. Além de receberem o atendimento para puericultura (consulta para bebês) com médicos e enfermeiros nas Unidades Básicas de Saúde (USB) e  encaminhamento para o Centro Especializado de Reabilitação (CER) de Reabilitação, essas famílias participam de encontros mensais e tiram suas dúvidas sobre saúde, direitos das crianças e dos pais cuidadores no  Grupo Ciranda do Cuidado, que acontece toda primeira terça-feira de cada mês.

Vanessa Napoleão/Ascom Semas

 

 

Compartilhe: