Semec publica instruções normativas que permitem melhorias na gestão

A Secretaria Municipal de Economia instituiu, nessa segunda-feira (30), no Diário Oficial do Município, uma comissão de Auditores Fiscais de Tributos Municipais – AFTM´s, que deverá estabelecer procedimentos normativos e interpretações da área tributária. A comissão é composta pelo diretor tributário, diretor de Relacionamento com o Contribuinte, coordenador geral de Auditoria Fiscal, coordenador geral de Fiscalização, um auditor fiscal que já tenha representado ou represente o Fisco Municipal junto ao Conselho Tributário e o coordenador geral de Gestão de Receitas.

De acordo com o secretário municipal de Economia Fellipe Mamede, a criação desta comissão é mais uma ação em busca de melhorias na gestão.

“Esta comissão permitirá o desenvolvimento de padrões, normas e procedimentos que guiarão todo o trabalho desenvolvido na Semec desde a gestão interna até o serviço que chega ao contribuinte. A proposta é exercer um serviço padronizado, de qualidade, com informações únicas que evitem lacunas na hora de prestar atendimento à população”, explicou Mamede.

A criação do comitê é a primeira Instrução Normativa (IN), de um lote de quatro instruções publicadas no Diário de dessa segunda. A IN nº 2, institui o Comitê de Avaliação de Desempenho e Ética, o qual deliberará sob questões controversas no que diz respeito ao Grupo Ocupacional de Tributação. Já a IN 03, em razão da falta de uniformização em diversos procedimentos de fiscalização, dispõe uma série de procedimentos a serem obedecidos pelos Auditores Fiscais de Tributos Municipais. E por fim, a IN 04, regulamenta as questões referentes aos prazos de contestação realizados pelos auditores fiscais e estabelece regras para os casos do não cumprimento dos prazos legais de defesa.

Veja também  Ação no Centro emitiu 130 cartões Bem Legal no primeiro dia

“Quando criamos normas internas nos procedimentos de trabalho permitimos que os processos aconteçam com mais fluidez e segurança, sem dúvida isso impacta positivamente no serviço que chega ao contribuinte e isso é o mais importante, oferecer um serviço de qualidade que atenda as demandas da sociedade de forma satisfatória e justa”, complementou Alexandre Lopes, diretor Tributário da Semec.

Outras instruções normativas serão publicadas em breve.

Isis Correia/Ascom Semec

Compartilhe: