Semed garante assistência escolar a crianças com microcefalia

Os familiares de crianças com microcefalia nascidas em Maceió participaram, na última terça-feira (09), de uma reunião onde foram abordadas estratégias de inclusão educacional. O evento foi promovido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) e aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Na ocasião, estiveram presentes membros do grupo Ciranda do Cuidado, que reúne pais e responsáveis pelos bebês acometidos pela síndrome, além dos representantes das coordenações de Educação Especial, Informação e Avaliação e Educação Infantil da Semed. A discussão aconteceu em torno das formas pelas quais a secretaria garantirá a formação educacional para essas crianças, desde a matrícula à conclusão do ensino fundamental.

“No primeiro momento, está sendo feito o planejamento das metodologias que serão empregadas nas escolas, como o atendimento às mães e encaminhamento dos alunos às unidades de ensino, mas também discutimos a capacitação de professores e demais técnicos da educação”, informou a diretora de gestão educacional da Semed, Maria José Pereira.

Ela também falou sobre a importância da inclusão dessas crianças no âmbito escolar. “Esse é um direito que não pode ser negado a elas, por isso, o compromisso da Semed é garantir que recebam a assistência necessária para uma formação educacional de qualidade”.

Veja também  Impedimentos de natureza física não dificultam o ingresso em universidades públicas

Vale ressaltar que as crianças portadoras da síndrome congênita causada pelo zika vírus já contam com importante iniciativa na assistência à saúde e apoio psicossocial através da SMS.

Eduardo Araújo (estagiário) – Ascom Semed

Compartilhe: