Serviço de Convivência muda realidade de jovens em Maceió

Os núcleos dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) para crianças e adolescentes têm a importante função de atender meninos e meninas de 6 a 15 anos, em vulnerabilidade social, retirados de situação de trabalho ou submetidos a outros tipos de violações de direitos. Esse serviço é ofertado nos 15 Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e três núcleos da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). Diariamente acontecem atividades socioeducativas, culturais, esportivas e de lazer.

O Serviço de Convivência do Cras Dom Adelmo  Machado, localizado no bairro do Prado, é um dos equipamentos sociais que atende crianças e adolescentes da região. O Cras oferece atividades para as crianças, familiares e a comunidade, visando o fortalecimento de vínculos e a prevenção de ocorrência de situações de exclusão social e de risco, em especial a violência doméstica e o trabalho infantil.

Todas as terças, quintas-feiras e sábados cerca de 80 meninos e meninas participam de atividades educativas, de arte e cultura e exercícios físicos. Aos sábados também funciona na unidade o grupo do Escoteiros Florestais. O estudante Marcos, de 10 anos, participa das atividades do Serviço de Convivência há 2 anos. “A atividade que eu mais gosto de fazer aqui no Cras é aula de arte e cultura com as tias Iolanda e Maria José”, destacou o jovem.

Veja também  Ônibus coletivos circulam normalmente no feriado

Semanalmente, alunos da Uncisal desenvolvem um trabalho na área de saúde, com palestras educativas para crianças e adolescentes. Segundo a fonoaudióloga da Uncisal Vanessa Porto, várias oficinas estão organizadas de acordo com a necessidade de cada grupo. “No grupo de adolescentes serão desenvolvidas atividades voltadas para a orientação sexual e prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), visto que muitos deles estão começando a namorar. Já com as crianças, trabalharemos questões de saúde, alimentação e higiene”, explicou.

De acordo com a coordenadora do Cras, Djane Pacheco, ainda existem vagas para os jovens que queiram participar das atividades do Serviço de Convivência para crianças e adolescentes. “O Cras Dom Adelmo Machado também possui grupos de idosos e mulheres. Queremos trazer a comunidade para o Cras”, reforçou a coordenadora.

Para participar das atividades basta procurar o Cras Dom Adelmo Machado, localizado na Rua João Ulisses Marques, nº 112, no Prado, ou ligar para os telefones 3315-1586 e 3336-4879. As atividades são gratuitas e qualquer pessoa pode participar.

Vanessa Napoleão/Ascom Semas

Compartilhe: