Superintendente da Slum participa de simpósio sobre resíduos sólidos

O superintendente de Limpeza Urbana de Maceió, Davi Maia, participou, nesta terça-feira (10), do 2º Simpósio Alagoano sobre Resíduos Sólidos, realizado no Centro Universitário Tiradentes – Unit. Na ocasião, o gestor apresentou como funciona a gestão da limpeza urbana na cidade, focando no processo pioneiro que garante a coleta seletiva porta a porta na capital.

Maia explicou a contratação das 4 cooperativas de recicladores e como essa ação vai impactar na vida do maceioense. “A coleta seletiva já é realidade. São 16 mil residências nesse primeiro momento, divididas em 9 bairros. Os locais que ainda não receberam essa ação, contarão com os Pontos de Entrega Voluntária (PEV) para depositar seu material”, comentou.

O evento, que é voltado aos alunos, pesquisadores e empresários atuantes na área, também contou com a presença do professor José Fernando Thomé Jucá e do procurador-chefe do Ministério do Trabalho em Alagoas, Rafael Gazzaneo Junior.

Coleta Seletiva

Em maio deste ano, a Prefeitura contratou quatro cooperativas de recicladores para realizar a coleta seletiva porta a porta na cidade. Nesse primeiro momento, são atendidos os bairros de Cruz das Almas, Pontal, Ponta Verde, Jatiúca, Mangabeiras, Benedito Bentes, Serraria, Antares e Jacarecica. Mas os moradores de bairros ainda não atendidos também podem praticar a coleta seletiva. Para isso, a cidade conta com os Pontos de Entrega Voluntária (PEV). Até o final de 2017, Maceió receberá 10 estações.

Veja também  Servidores municipais recebem salários de agosto nesta quinta
Compartilhe: