Usuárias de Cras participam de atividade cultural

Toda semana os usuários dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) participam de atividades que garantem a efetivação dos seus direitos, por meio da promoção da qualidade de vida. Esta semana, mulheres do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) Cras Cacilda Sampaio, localizado no bairro do Vergel do Lago, visitaram a exposição “Angola: Viajando com os Olhos”, do repórter fotográfico Airton Cruz, no Complexo Cultural do Teatro Deodoro, no Centro.

Na visita guiada elas puderam conferir de perto 49 fotografias coloridas que mostram o que o repórter fotográfico viu em sua viagem pela Angola, em 2008. Ailton Cruz viajou pelo continente africano, especificamente pelo deserto do Namibe, onde registrou o cotidiano de etnias tradicionais, como a dos Mucubais e dos Mumuilas, na Província da Huíla, que são considerados os verdadeiros grupos tribais ancestrais no território angolano.

Para a coordenadora do Cras Cacilda Sampaio, Patrícia Lima, esta foi uma oportunidade de acesso à cultura para os usuários  da unidade. “Nessa exposição, elas puderam ver as diferenças entre as tribos indígenas africanas e alagoanas. Elas também visitaram a exposição do artista Siloé Amorim, com o tema  ‘Memórias – Narrativas em Preto e Branco’. Elas gostaram muito, viajaram com as fotografias da exposição”, disse.

Veja também  Vila Olímpica tem programação especial para o Dias das Mães

Segundo a secretária de Assistência Social de Maceió, Celiany Rocha, o Serviço de Convivência tem o importante papel de promover a qualidade de vida. “Queremos valorizar nossos usuários como pessoa e aumentar a autoestima deles. Os profissionais da Semas trabalham para isso. Para oferecer muito mais do que eles já merecem por direito”, afirmou.

O Cras Cacilda Sampaio desenvolve atividades com mulheres, crianças, adolescentes e idosos. O grupo de mulheres se reúne todas as quartas-feiras à tarde. O equipamento está localizado na Rua das Flores, S/N – no Vergel do Lago. Mais informações a respeito das atividades desenvolvidas podem ser obtidas pelo telefone 3315-2480.

Vanessa Napoleão/ Ascom Semas

Compartilhe: