Fábrica de tintas é multada por manejo inadequado de resíduos perigosos

Texto de Elayne Pontual

A equipe de fiscalização do Instituto do Meio Ambiente (IMA-AL) emitiu uma autuação no valor de R$ 29.959 para uma fábrica de tintas localizada no município de Maceió. A ação atende ao que está previsto no cronograma de inspeção das atividades licenciadas e o órgão seguirá atuando nos municípios do Estado no decorrer do ano.

Durante a vistoria, que aconteceu na última quarta-feira (29), os fiscais identificaram que o estabelecimento estava dando destinação inadequada a produtos considerados perigosos. Segundo Ermi Ferrari, gerente de Monitoramento e Fiscalização, os responsáveis pela fábrica apresentaram licença ambiental, mas “estão descumprindo a condicionante que dizia para armazenar a tinta em local impermeabilizado e com bacia de contenção”, afirmou.

No local, foram encontrados resíduos Classe-I, que são aqueles classificados como perigosos por apresentar riscos à saúde pública ou risco ao meio ambiente. Além disso, possuem características como inflamabilidade, corrosividade, reatividade, toxicidade e patogenicidade.

Além da multa, o estabelecimento foi intimado a apresentar documentos em atendimento às condicionantes da Licença de Operação (LO).

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe:
Veja também  Reeducandos discutem formas de combate à violência contra a mulher