--Publicidade--

Um bebê é considerado recém-nascido até o 28º dia do seu nascimento e entre outras ações importantes para o desenvolvimento do seu filho está à vacinação. Vacinar é um ato de amor e uma forma eficaz de proteger o seu bem mais precioso contra diversas doenças graves.

Vacinação do Recém-Nascido

--Publicidade--

No artigo a seguir você terá acesso a informações de vacinação dos 3 primeiros meses, você pode optar por vacinar seu bebê no SUS ou na rede particular.

Ao Nascer

  • BCG e Hepatite B – Rede pública e particular, não apresenta diferença.
  • A BCG é em dose única e protege contra os principais tipos de tuberculose (os mais graves), a indicação é que seja aplicada no primeiro mês de vida.
  • Hepatite B – total de três doses, a primeira dose pode ser aplicada nas primeiras horas de vida ainda na maternidade ou então assim que o recém-nascido receber alta.

2 meses

  • Pentavalente (DTP + Hib + Hepatite B)
  • Polio inativada – Primeira dose, essa vacina substituiu a gotinha (Sabin) e previne a paralisia infantil.
  • Rotavirus – Primeira dose, previne a contaminação por rotavirus que provoca vomito e diarreia e pode levar a óbito.
  • Pneumocócica conjugada 10-valente – Primeira dose, previne contra pneumonia e doenças relacionadas ao pneumoco, começou a fazer parte do calendário de vacinação (rede pública) a partir de 2010. Alguns pediatras preferem solicitar a vacinação na rede particular e com 3, 5 e 7 meses ao invés de 2, 4 e 6 meses como é na rede pública.

A vacina é gratuita através do SUS ou pode ser aplicada na rede particular, neste caso a DTP é apresentada em uma versão acelular, ou seja, menos reação e inclui a pólio, eliminando uma picadinha.

--Publicidade--

A de rotavírus apresenta proteção para cinco tipos ao invés de um e a pneumocócica protege contra 13 bactérias ao invés de 10. Na rede particular a vacina é a Hexavalente.

3 meses

  • Meningococo C Conjugada – Disponível na rede pública desde 2010 graças ao programa nacional de imunizações, também pode ser aplicada na rede particular, mas neste caso não apresenta nenhuma diferença.

Após este estágio inicial do ciclo de vacinação siga o calendário de vacinas a risca e converse bastante com o pediatra, ele esta apto a sanar todas as suas dúvidas e fornecer todas as informações necessárias.

A responsável pela aplicação (geralmente enfermeiras e/ou auxiliares) anota na caderneta de vacinação a data da próxima dose, sempre que você leva seu filho para tomar a vacina, não esqueça, são datas muito importantes.

--Publicidade--

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui